Seja bem-vindo(a). Hoje é
►| CEM| A²C | P & D| MATEMÁTICA| AUTORES| CONTATO| JOGOS| *

80

►Vai encarar o ENEM este ano? Inicie os estudos fazendo as provas das edições anteriores. Acesse-as aqui.

►Que tal fazer agora um simulado on-line para o ENEM? Acesse-o aqui (utilize o Chrome preferencialmente).

OBMEP 2017 ... Vamos relembrar a história de 4 jovens que passaram pela OBMEP ? Veja o documentário aqui.

►Conhece o vestibulinho das ETEC's(Escolas Técnicas Estaduais-SP)? Acesse as provas anteriores, cursos e período de inscrição. Mais informações acesse aqui.

►Conheça o SISU - Sistema de Seleção Unificada para o ensino superior / SISUTEC - Sistema de Seleção para a Educação profissional tecnológica do MEC (Ministério da Educação) e saiba como aproveitar a nota do ENEM para ingresso em cursos superiores e técnicos de instituições públicas.

►Conhece o PASUSP? Um importante programa de Avaliação da USP destinado a alunos do 2º e 3º ano do EM da rede pública paulista.


segunda-feira, 25 de julho de 2011

O desconhecido Teorema de Pitágoras

Se algum dia for necessário fazer uma única pergunta a um jovem que terminou a educação básica, com o intuito de constatar se ele possui ou não bons conhecimentos de Matemática, muito provavelmente faria essa: Você sabe demonstrar o Teorema de Pitágoras pelo menos de duas formas diferentes?
O Teorema de Pitágoras é um dos mais belos e importantes teoremas da Matemática de todos os tempos, seja pela simplicidade, aplicabilidade ou pela posição que ocupa na história do conhecimento matemático. Para um bom estudante, conhecê-lo é uma questão de honra. E olha que já ouvi gente falando que ele não deveria ser mais ensinado. Muita coisa aconteceu a partir dele. Desde o século 5 a.C. até o século 20 d.C. inúmeras demonstrações do teorema apareceram. Em 1940, o matemático americano E. S. Loomis publicou o livro The Pythagorean Proposition com 370 demonstrações.
Vamos a uma das demonstrações (bela pela simplicidade de conceitos). Um triângulo é denominado triângulo retângulo quando um de seus ângulos internos mede 90º. O lado a, oposto ao ângulo reto é denominado hipotenusa e os demais b e c são chamados catetos.
A área do quadrado maior, logo abaixo, de lado (b + c) é:

(b + c)² = b² + 2bc + c² (*)

A área do triângulo retângulo de lados a, b e c é:

(b×c)/2

observe que temos 4 triângulos retângulos e devemos multiplicar esta área por 4:

4×[(b×c)/2] = 2bc (**)

Logo para sabermos a área do quadrado menor, de lado com medida a, subtraímos da área do quadrado maior (*) a área dos quatro triângulos retângulos (**) :

a² = (b + c)² – 2bc
a² = b² + 2bc + c² – 2bc
a² = b² + c²

e assim em um triângulo retângulo qualquer, de lados medindo a, b e c, sendo a a medida da hipotenusa e portanto o lado oposto ao ângulo reto, b e c, sendo catetos, lados que formam o ângulo reto, concluímos que:
“A área do quadrado cujo lado é a hipotenusa é igual à soma das áreas dos quadrados que têm como lados cada um dos catetos.”

Infelizmente nós temos estudantes que estão terminando a educação básica e não tiverão a oportunidade de apreciar tal demonstração. Posso provocar? Tente demonstrar de outra maneira o tal teorema, mas não vale imediatamente ir consultar o santo Google. (mesmo sabendo que existem boas referências sobre o tema na rede)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

►ATENÇÃO - Leia a política para comentários na página de contato.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

▼ Reflita | Frases e Pensamentos ★

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ✽ ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

""

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬ ✽ ▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
Este blogue está vinculado ao Portal do Professor como uma contribuição e experiência pedagógica diferenciada no ensino de Matemática.